Sinal de alerta: Jales tem leve alta nos casos de coronavírus

Escrito por em 18/11/2020

Levantamento do programa Antena Ligada traz gráfico mostrando uma leve alta nos casos de Covid-19 nas últimas semanas no município. Depois de um início de mês mais tranquilo, com diminuição inclusive no percentual de internações, casos de coronavírus em Jales voltam a crescer levemente e acendem novamente o sinal de alerta.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, de 21 a 27 de outubro Jales teve 65 casos confirmados do novo coronavírus. Na semana seguinte, de 28 a 03 de novembro o município contabilizou apenas 39 casos positivos, o menor desde junho. Já na semana passada, de 04 a 10 de novembro houve 42 casos positivos e nesta semana, de 11 a 17 de novembro a cidade teve 49 casos positivos.

A população deve manter todos os cuidados, uma vez que a pandemia não acabou (é hora de redobrar a atenção), usando máscaras, lavando as mãos constantemente ou higienizando com álcool em gel, mantendo o distanciamento e evitando aglomerações e reuniões familiares como festas e churrascos.

Nas últimas semanas, diversos estados brasileiros relataram aumento de internações e óbitos por Covid-19. A média móvel nacional de mortes, que estava em queda desde outubro, cresceu 34% em relação a 14 dias atrás, aproximando-se novamente do patamar de 500 falecimentos diários. Na terça-feira (17 de novembro), a média móvel atingiu 680 mortes, algo que não se via desde outubro: 16 estados registraram crescimento.

Já a média de novos casos diários ficou em mais de 28 mil na última semana, a maior marca desde junho. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, que os verifica com as secretarias estaduais de saúde. Mas há outras fontes de informação reforçando a tendência de alta.

O temor principal é a falsa sensação de segurança na chegada a dezembro, período em que o brasileiro está se preparando para muitas festas.

Desde a semana passada, hospitais particulares da capital paulista têm alertado a população para o crescimento dos atendimentos de casos de Covid-19. No início dessa semana, depois de dizer que não havia aumento, o governo confirmou alta de 18% nas internações no estado como um todo e adiou novas flexibilizações.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]